Ferias para recordar

Férias para Recordar

As férias de verão são sempre um dos momentos mais aguardados do ano. A família está reunida e o tempo convida a sair portas fora, descobrir novos caminhos e viver novas aventuras em conjunto.

Para tornar estas férias ainda mais especiais, partilho convosco um conjunto de ideias pensadas para as transformar em memórias divertidas e duradouras.

Sonhar as Férias em Conjunto

Uma das formas de tornar as férias mais especiais é envolver as crianças na sua preparação. De acordo com a idade de cada um, podemos falar-lhes sobre o destino escolhido, sobre actividades que poderemos realizar em conjunto e pedir sugestões para incluir no plano de férias.
As crianças em idade escolar, poderão gostar de pesquisar informações sobre os locais a visitar e contribuir para enriquecer a experiência.
Tirar uns minutos para ir sonhando as férias em conjunto, permite à criança valorizar e antecipar a experiência, sentindo-se como parte activa e importante na construção deste plano em família.

Criar um Scrapbook de Verão

Com um caderno simples, podemos criar um tesouro para relembrar durante décadas.

Para tal, basta irmos registando em conjunto, as nossas aventuras de verão. Podemos escrever, desenhar e colar fotos, bilhetes, bocados de mapas, flores e todos os pequenos tesouros que vamos descobrindo ao longo do caminho.

Uma alternativa mais prática é criar um foto diário, mas não tem a mesma magia que a versão física, que permite muito mais liberdade criativa por parte da criança.

As crianças adoram esta actividade, pois pode ser adaptada a quase todas as idades e permite-lhes relatar as suas experiências na primeira pessoa.

Dar Férias à Tecnologia

A tecnologia é fantástica! No entanto, por vezes, passamos tanto tempo online que não conseguimos usufruir das pequenas maravilhas que acontecem à nossa volta.

E se aproveitassemos o tempo de férias para deixar de lado os telemóveis, tablets e afins de lado durante a maior parte do tempo?

Desta forma teremos mais tempo e disponibilidade para estarmos com as nossas crianças, estaremos a ensinar-lhes que é possível vivermos e divertimo-nos sem recorrer a gadgets e, no final de cada dia, podemos até criar um momento de tecnologia para toda a família.

Reservar Tempo para Não Fazer Nada

Uma das principais preocupações dos pais em período de férias é como ocupar os mais pequenos.

No entanto, gostaria de vos propor a ideia de planearmos tempo para estarmos desocupados. Tempo para simplesmente sermos e estarmos juntos em família ou para aprendermos a estar connosco próprios.

Para as crianças, o tempo de ócio não planeado é vital para o desenvolvimento da sua criatividade, para a gestão das suas emoções e para o desenvolvimento da capacidade de resistência ao tédio e à frustração. Se resistirem a vê-los deitados pelo chão, com um ar extremamente aborrecido, queixando-se ao mundo de que “nunca tenho nada para fazer” e lhes derem espaço e tempo, serão presenteados com muitas soluções criativas que os deixarão divertidos durante horas.

Fotografia de Férias é coisa de Crianças

Uma ideia gira para termos uma perspectiva diferente das férias é dar aos mais novos a oportunidade de fazer um registo fotográfico das mesmas.

Basta uma máquina infantil ou mesmo uma máquina já sem uso que tenhamos por casa. O que interessa é dar asas à imaginação.

Registar o dia-a-dia do seu ponto de vista, para além de os fazer sentir que têm um papel importante, vai levá-los a olhar o que os rodeia de uma nova forma, estimular a criatividade e oferecer a toda a família um registo diferente e original das férias. E quem sabe, não estaremos a descobrir um verdadeiro talento!

Aprender Fazendo

As férias podem também ser um período de consolidação das aprendizagens escolares.

Ao envolvermos as crianças nas actividades do dia-a-dia estamos a permitir que pratiquem e que consolidem as aprendizagens que fizeram ao longo do ano lectivo.

Alguns exemplos básicos são: fazer a gestão do dinheiro numa ida ao supermercado, cozinhar seguindo uma receita ou descobrir como se chega a determinado destino utilizando um mapa mas, com um pouco de imaginação, encontramos inúmeras formas de aplicarem os conhecimentos que adquiriram e, em simultâneo, sentirem-se úteis e valorizados na dinâmica familiar.

Tempo para Conversar

O tempo de férias, em que estamos juntos mais tempo e no qual estamos mais disponíveis e presentes, sem as constantes interrupções e solicitações da vida diária, é o momento ideal para nos reencontrarmos enquanto família.

Podemos aproveitar este tempo para voltarmos a descobrir quem cada um de nós é: que novos gostos desenvolveu, que temas ocupam a sua mente atualmente, que sonhos e projectos tem…

Ter tempo para conversar, ouvir e partilhar ideias de forma regular, com os diferentes elementos da família, é vital para o desenvolvimento emocional da criança.

Explorar Novos Interesses

Aproveitar o tempo livre para ampliar os nossos horizontes e descobrir novos interesses é uma excelente forma acrescentar valor às férias em família.

Conhecer outros lugares, experimentar novos desportos, actividades criativas ou mesmo encontrar refúgio num livro completamente diferente do habitual, são formas de expandirmos o nosso mundo e de nos encontrarmos com outras facetas de nós próprios.

No que respeita aos mais pequenos, poder usufruir de experiências variadas ao longo do crescimento, vai-lhes permitir um maior conhecimento sobre o mundo, sobre si próprios e sobre os seus interesses e vocações.

Estimular a Imaginação

A imaginação é uma espécie de super-poder que nos permite criar mundos alternativos, sonhar muito para lá do que conhecemos e ultrapassar obstáculos que se nos colocam.

O reino da imaginação é, por excelência, o reino da infância, de tal forma, que a criança pequena tem grande dificuldade em distinguir o que é imaginado do que é real.

Dedicar tempo a estimular e a valorizar a imaginação da criança, vai permitir-lhe dar rédea solta ao seu instinto natural criativo e ajudá-la a desenvolver-se de forma harmoniosa.

As formas de estimular a imaginação esgotam-se apenas na medida da nossa própria capacidade de as criar. Podemos optar por jogos mais ou menos estruturados, como a criação de histórias (podemos recorrer até aos Story Cubes, que vos falei há umas semanas) ou mesmo jogos de faz de conta, ou então, simplesmente, deixar-nos conduzir pelas conversas da criança até ao seu reino encantado.

Criar Novos Planos

Quando o final das férias se começa a aproximar e se instala uma certa nostalgia, podemos prolongar o sentimento positivo que mantivemos durante esta pausa, elaborando novos planos para o futuro próximo.

Imaginar com a criança como será o regresso à rotina do dia-a-dia, de que coisas temos mais saudades, que novos interesses podemos incorporar, o que irá ser diferente neste novo período e o que se manterá igual… Todas estes aspectos são importantes e devem ser pensados e conversados em conjunto, para que a criança sinta que a sua opinião é valorizada e se possa preparar para o regresso às rotinas.

Criemos também espaço para imaginar novos projectos, actividades e destinos que queiramos conhecer e desenvolver no futuro pois, como dizia Sebastião da Gama, pelo sonho é que vamos!

Boas Férias!

 

Para receber a checklist com todas as dicas, basta clicar na imagem:

checklistferias

mais sobre Parentalidade:

Posted in Parentalidade.